Paróquia realiza Missa da Páscoa do Senhor e Procissão da Ressurreição

Foi realizado no domingo de Páscoa, 21, a Missa da Páscoa do Senhor com Procissão da Ressurreição e a benção das Rosas. A procissão saiu da Igreja Matriz, passou pela Avenida Dr. Américo Luz e voltou a Matriz, onde foi celebrada a Santa Missa, que ao final teve a Benção das Rosas para os fiéis presentes. Esteve presidindo a Santa Missa, o Pároco, Padre Alexandre José Gonçalves e Co-presidindo o Vigário, Padre Leandro José de Melo, que esteve juntamente também com o Padre José Ronaldo acompanhando os fiéis na procissão, rezando, cantando e refletindo, sobre a importância da família, da igreja e das vocações.

Padre Alexandre inicia sua homilia citando três pontos fundamentais para vivermos a ressurreição do Senhor que são fazer o bem, aspirai as coisas do alto e amar.

“Alegremo-nos e Nele exultemos, hoje é o dia da Ressureição, Vida Nova para nós e Vida Nova para o mundo. A Força para a nossa caminhada e Luz para o nosso caminho é Jesus Vivo e Ressuscitado presente no meio de nós. Na primeira leitura, ouvimos dos Atos dos Apóstolos um resumo de tudo que foi a vida de Jesus. Ele andou por toda a parte fazendo o bem e curando a todos os que estavam dominado pelo demônio. Jesus teve uma vida inteira fazendo o bem, e por conta disso o mal não pode triunfar e vencer. Se, nós quisermos fazer uma boa e profunda experiência com Jesus Ressuscitado Este é o caminho também. Por onde passarmos fazer o bem. Somos seguidores de Jesus e que a Celebração da Ressurreição não seja apena um Rito e sim ritmo de vida. São Paulo na carta aos Filipenses nos ensina que precisamos ter os mesmos sentimentos que Jesus Cristo”, explica.

Na segunda Leitura de São Paulo aos Colossenses, Padre Alexandre nos explica o segundo fundamento da nossa fé em Cristo Ressuscitado. Se ressuscitaste com Cristo esforçais para alacar a s coisas do Alto, onde está Cristo sentado à direita do Pai.

“Este é mais um apontamento direto é claro que é esforçarmos para alçarmos as coisas do alto, nas coisas que aqui nesta terra realizamos. Voltarmos para as coisas celestes e não ficarmos presos nas coisas terrestres. O tumulo está vazio, não segurou Jesus, as coisas deste mundo não podem nos segurar também. Aspiremos as coisas do Alto para com Cristo vivermos esta vida e, por meio Dele termos também a Vida Eterna.

Continuando a explicação de uma belíssima e profunda homilia, ele fala ainda do terceiro e mais essencial fundamento,

que o Evangelho nos coloca que é, a força do amor.

“Mais um e essencial apontamento, que sem ele não fazemos o Bem e não aspiramos as coisas do Alto, sem o mandamento do Amor, nos prendemos as coisas da Terra. Quem ama, vence medo, corre atrás do seu amado, quem ama, não se deixar perder. De maneira especial podemos citar Maria Madalena, Simão Pedro e João, que amaram Jesus e que correram para encontrá-lo. Por amor foram até o túmulo e por amor contaram a experiência para todos. Pergunto, será que nós, naquelas horas mais difíceis, naquelas horas que parece a morte triunfar, amamos Jesus e confiamos para experimentar a Graça da Vitória, o bem que vence o mal, a vida que vence a morte ou será que nós desistimos e procuramos outras coisas e outros lugares? Temos meus irmãos e amigos que correr até Jesus para fazer Dele uma experiência de fé. Nós precisamos crer e acreditar que Jesus está vivo e está no meio de nós. Quem se basta a si mesmo, se fecha no amor, quem se basta a si mesmo, não vai atrás do sentido primeiro fundamental e último da vida que é Jesus. Maria Madalena, João, Pedro e nós corremos até Jesus porque sabemos que o primeiro e grande sentido de nossa vida é Jesus Cristo, o Ressuscitado”, comenta.

Finalizando, Padre Alexandre enfatiza para que façamos o Bem, aspiremos as coisas do Alto e vivamos intensamente o Amor, porque o amor nos faz experimentar Cristo Ressuscitado. Quem não exercita a arte de amar, para na Cruz, mas quem exercita cotidianamente experimenta a Ressureição e a vitória de Jesus em todos os momentos. A vingança de Deus é fazer a vida em plenitude chegar a todos, assim como Deus agiu, nós, também devemos agir, não responder ao mal com outro mal, mas respondermos ao Mal fazendo o Bem, aspirando as coisas do Alto. Somos gente da Ressureição, alegremo-nos e, Nele exultemos.

Por Vânia Abdala

Celebração na Igreja Matriz São José

Celebração na Comunidade São Judas e São Brás, Vila Bueno

Celebração na Comunidade Nossa Senhora da Rosa Mística, Jardim Altamira

  • BannerMissasMatriz.jpg
  • capela.jpg
  • FaixaAdoração.jpg
  • site-pascom2019.jpg