Coroinhas finalizam mês de maio Coroando à Imagem de Nossa Senhora

Domingo, 26, 6º Domingo da Páscoa, a palavra de Cristo é clara: “Quem não me ama, não guarda a minha palavra” (Jo 14,23). Nesta Santa Missa, a Paróquia São Jose celebrou a “Missa da Família” e, finalizou o mês de maio com a Coroação à Imagem de Nossa Senhora realizada pelos coroinhas e uma música cantada pelo Pároco Padre Alexandre José Gonçalves. Ainda contou com a presença do Ícone do ECC, a imagem de Nossa Senhora Aparecida que está visitando as Paróquias das Dioceses, desde outubro de 2018, por ocasião da realização do XXII Congresso Nacional de encontro do Casais com Cristo, que acontecerá em Brasília-DF de 12 a 14 de julho próximo.
Padre Alexandre comenta em sua homilia que é bom estarmos juntos em família para celebrar a eucaristia como um povo chamado por Deus para podermos glorificá-lo e deixar que Ele nos santifique. Nós devemos nos colocar diante da palavra de Deus para sermos modelados por ela, para cumprirmos a missão de ser discípulos missionários, Sal da terra no mundo.
Ele comentou ainda a importância do Espírito Santo em nossas vidas. Sem o Espírito Santo, nós colocamos o nosso poder a frente e, nunca a luz de Cristo. Que a exemplo de Maria saibamos acolher a novidade de Deus, que é Jesus Cristo, o caminho, a verdade e a vida. É preciso nos unir para aprender o que é essencial, e o essencial aprendemos pela Igreja. O Evangelho de Jo 14, 23-29, diz: “Se alguém me ama, guardará minha palavra, e o meu Pai o amará, e nós viremos e faremos nele a nossa morada. Quem não me ama, não guarda minha palavra. E a palavra que escutais não é minha, mas do Pai que me enviou”.
“Precisamos abrir o coração para que essa palavra transforme o meu modo de pensar e agir para não perdemos o olhar sempre à frente para a Jerusalém Celeste. Estamos no mês de maio, mês de Maria, aquela guardou a palavra e respondeu, “eis aqui a serva do Senhor”. Sendo uma mulher dada a caridade e muito sensível, a exemplo dela quem guarda a palavra tem uma sensibilidade muito grande, percebe a necessidade dos outros e corre para solucionar essa carência. Mas, para guardamos a palavra precisamos deixar que o Espírito santo aja em nós, pois é ele quem nos dá a graça de guardar a palavra. O Espírito Santo nos ensina, inspira e ajuda a recordar tudo o que Jesus disse e suas ações para que possamos viver em Paz. O Evangelho de hoje parece nos chamar para recordar e viver. Quem sabe no mundo de hoje estamos buscando a paz que o mundo dá, mas Jesus nos dá a dica em (Jo 14,27), a paz do mundo tem prazo de validade, não serve, não presta é puro horizonte perdido” comenta Padre Alexandre.
Ele ainda se dirige a assembleia e enfatiza a necessidade de enquanto famílias, ensinarmos às crianças a arte de amar, porque o ser humano hoje está se esquecendo desse mandamento “Amai-vos uns aos outros como eu vos amei”. Ele lembra que o ser humano que não ama, não presta.
“Deixemos o Espírito Santo agir em nós sempre, olhemos para à frente, guardemos a palavra e recordemos o que Jesus Cristo nos deu presente. Se você tem a convicção desse canto: “Cristo venceu, aleluia! Ressuscitou, aleluia! O Pai lhe deu glória e poder, eis nosso canto, aleluia! ”, meu irmão, minha irmã, você está no caminho da Jerusalém Celeste. Esse canto a gente canta vivendo. Fomos chamados por Ele para testemunhar o seu Evangelho, o amor”, finaliza.

Por Vânia Abdala

  • BannerMissasMatriz.jpg
  • capela.jpg
  • FaixaAdoração.jpg
  • site-pascom2019.jpg