Solenidade da Epifania do Senhor relembra a chegada dos Reis Magos até Jesus Menino

No domingo, 05 de janeiro, na Igreja Matriz de Muzambinho, foi celebrada a Missa Solene da Epifania do Senhor Jesus. Esta celebração foi presidida pelo Pároco Padre Alexandre José Gonçalves. Na Capela Nossa Senhora da Rosa Mística, Jardim Altamira, aconteceu Celebração às 17h30 horas, presidida pelo Vigário Paroquial Padre José Ronaldo Neto e teve a participação de crianças interpretando a chegada dos Reis Magos até a Família de Nazaré.

Na homilia Padre Alexandre saudou a todos como irmãos e irmãs e disse: hoje estamos celebrando a Solenidade da Epifania do Senhor, ou seja, a manifestação do Senhor. Jesus se manifesta a Maria e a José que representam todo o povo de Israel. Ele também se manifestou aos pastores que representantes dos pobres e pequenos, bem sabemos que são muito amados por Deus. Também se manifestou aos Magos, que são pagãos, ou seja, não pertenciam ao povo de Deus.

Mas a salvação é para todos. Jesus é para todos. Ele não veio para este ou aquele povo. Ele veio para ser caminho, verdade e vida para toda a humanidade. Jesus é a proposta de vida nova a todos nós.

E todos estão representados nos Magos vindos do Oriente. Por isso, neste momento, nesta Missa podemos acolher como já concretizada a profecia que está na primeira leitura no livro do profeta Isaías (Is 60,1-6), que nos diz: “Levanta-te, acende as luzes, Jerusalém, porque chegou a tua luz”.

E na segunda leitura da Carta aos Efésios (Ef 3,-2ª.5-6), São Paulo diz aquela Comunidade de Éfeso e também para nós nos dias de hoje que, os pagãos são admitidos à mesma herança, são membros do mesmo corpo de Deus que é a Igreja, que somos todos nós. Portanto, não pode haver entre nós separações, brigas, contendas. Jesus veio para nos unir. No evangelho de hoje (Mateus 2, 1- 12), os Magos representam todos nós, por isso a exemplo deles precisamos estar em constante procura de Jesus. E quando o encontrarmos, não devemos voltar a nossa vida velha de pecado. Devemos tomar cuidado para não atendermos a voz de Herodes (mal), que habita em nós. Os Magos percebendo que Herodes queria matar o menino Rei fizeram outro caminho e não o entregaram ao seu perseguidor. Nós devemos seguir Jesus e não Herodes.

No final da celebração, padre Alexandre convidou todas as crianças presentes na assembleia e as abençoou.

Por Márcia Gonçalves

Missa na Igreja Matriz São José – 19 horas

Missa na Capela Nossa Senhora da Rosa Mística, Jardim Altamira – 17h30 horas

  • BannerMissasMatriz.jpg
  • capela.jpg
  • FaixaAdoração.jpg
  • site-pascom2020.jpg