Domingo de Ramos marca o início da Semana Santa na Paróquia São José

ramosCom início no Domingo de Ramos, a Semana Santa marca a celebração dos mistérios da paixão, morte e ressurreição de Cristo. No Domingo de Ramos a Igreja celebra a entrada de Jesus em Jerusalém montado num jegue, após um tempo de penitência no deserto. Foi recebido pelos hebreus que acenavam com ramos de oliveiras e palmeiras. A data celebra o acolhimento e reconhecimento de Jesus como Messias.

Na matriz da Paróquia São José de Muzambinho, às 9h30, a missa de Domingo de Ramos contou com a presença de um grande número de fiéis e foi presidida pelo pároco Pe. Alexandre e copresidida pelo vigário Pe. Leandro José.

No ritual deste domingo, os ramos são abençoados e são levados pelos fíéis para suas casas após a missa. Pe. Leandro, em sua homilia, destacou que os ramos santos devem ocupar dentro dos lares um lugar especial para que o cristão possa recordar como um símbolo de compromisso com o Senhor, que os ramos não sejam uma forma de superstição mas lembra os fiéis que este ramo serve para reforçar o compromisso, e este, precisa ser constante, especialmente nestes tempos difíceis em que há uma desvalorização do sagrado.

Além disso, padre Leandro lembra que os cristãos são chamados a perdoar, a viver o amor, assim como a paixão do Senhor. O chamado se reforça nesta Semana Santa porque Jesus quer santificar seu povo para que não seja só uma Semana Santa, mas que se possa tornar cristãos unidos a Cristo e também são lembrados, assim, do próprio sacrifício de Jesus, da sua misericórdia, da sua morte na cruz e do seu amor infinito.

Daísa R. Riboli Rodrigues

Comunidade Nossa Senhora da Saúde, na Palméia, com participação das comunidades Ribeirãozinho e Cachoeira do Cambuí

Comunidade Nossa Senhora Aparecida Mãe do Libertador, na Comunidade Patrimônio, com a participação das comunidades Bananal e Moçambo

  • BannerMissasMatriz.jpg
  • capela.jpg
  • FaixaAdoração.jpg
  • site-pascom2019.jpg