Milhares de Fiéis acompanharam encenação sobre a Paixão de Cristo e Procissão do Enterro

Assista ao vídeo do teatro.

Na sexta-feira da Paixão, 19 de abril, milhares de fiéis estiveram assistindo o teatro organizado pelos Jovens do JCC (Juventude Cristã Católica) sobre a encenação da Paixão e Morte de Jesus Cristo, no pátio em frente à Igreja Matriz. Em seguida, aconteceu a Procissão do Enterro com o Esquife e a imagem de Nossa Senhora das Dores que foram levados pelas ruas da cidade acompanhados pelo Pároco, Vigários, Acólitos, Coroinhas e Ministros Extraordinários da Eucaristia, além da comunidade Católica da Paróquia São José e, visitantes de outras paróquias que seguiram rezando, meditando e cantando. Após a Procissão, o Esquife ficou exposto na Igreja Matriz para que os fiéis pudessem visitá-lo.

Eis a doação perfeita do amor: Aquele que é o Senhor da história e do mundo aniquilou-se a si mesmo, humilhando-se na morte de cruz, para que tivéssemos a vida e a salvação. Os jovens no teatro durante a apresentação nos recordaram o quanto Jesus sofreu em seus últimos instantes de vida. A morte na cruz é uma das torturas mais cruéis criadas pela maldade humana.

O Pároco, Padre Alexandre José Gonçalves, convidou a todos para participarem da Vígilia Pascal e Benção do Fogo, que acontece no sábado, dia 20, às 20h na Igreja Matriz. E, também no domingo para a Procissão e Missa de Ressurreição com a Benção das Rosas, às 05h30 da manhã.

Não vamos celebrar apenas o Cristo Morto, mas sim o Cristo Vivo. Na Vigila Pascal do Sábado Santo ou Sábado da Aleluia, o fogo acende o Círio Pascal simbolizando o esplendor do Cristo ressuscitado, dissipando as trevas do pecado e da morte. No Domingo de Páscoa, temos a Missa da Ressureição do Senhor, quando depois de morrer crucificado, o corpo de Jesus foi sepultado, ali permaneceu até a ressurreição. Estes são um dos momentos mais importantes da fé católica, que não apenas celebra a morte, mas principalmente a vida de Cristo Ressuscitado.

Confira nas galerias abaixo as fotos das comunidades urbanas e rurais.

Por Vânia Abdala

Procissão saindo da Capela Nossa Senhora Mãe do Cristo Redentor do Morro Preto em direção ao Cristo Redentor com a participação das comunidades Retiro e Monte-Alverne.

Procissão saindo da matriz São José de Muzambinho, às 6h da manhã, até a capela Nossa Senhora da Cabeça na Serrinha dos Cristais com a participação do pároco Pe. Alexandre e o vigário Pe. José Ronaldo.

  • BannerMissasMatriz.jpg
  • capela.jpg
  • FaixaAdoração.jpg
  • site-pascom2019.jpg