Celebração da Paixão do Senhor realizada na tarde de sexta na Igreja Matriz

DSC 0676Na tarde de 19 de abril, na Igreja Matriz de Muzambinho, realizou-se a Adoração do Cristo na Cruz. O momento foi presidido pelo Vigário Padre José Ronaldo, Pároco Alexandre José Gonçalves e Padre Leandro. Quem quiser segui-Lo, primeiro precisa renunciar a si mesmo.

O momento inicia-se com a entrada dos celebrantes que deitam no chão como um sinal de respeito. Neste dia, a vida eterna é oferecida a toda a humanidade pelo Sacrifico de Cristo na Cruz. Ele foi cercado, condenado e martirizado como um cordeiro. Jesus segue o caminho do Servo Sofredor, que, na dor e no sofrimento se oferece a si mesmo para nos trazer a misericórdia e nos salvar. Amemos o Cristo e jamais lhe sejamos ingratos com nosso desamor. Também neste dia, a igreja em memória de Jesus Cristo, não celebra a Eucaristia, mas tem a ação litúrgica do Anúncio da Paixão de Cristo e reza-se a Oração universal pela Santa Igreja, pelo Papa, por todas as ordens e categorias de fiéis, pelos Catecúmenos, pela unidade dos cristãos, pelos judeus, pelos que não creem no Cristo, pelos que não creem em Deus, pelos poderes públicos e por todos os que sofrem provações.

Os fiéis presentes puderam reverenciar a Cruz e adorar o Cristo Salvador. É o momento de reflexão e reconciliação com Deus. A Cruz de Jesus nos salva, nos dá equilíbrio, nos faz viver bem e em comunidade, respeitando as diferenças de cada um. Jesus está em nossas cruzes. A Páscoa só será bem vivida se tivermos certeza que a cruz é sinal de libertação. Adoremos o Cristo crucificado que morreu para nos salvar. Quem quiser segui-lo, primeiro precisa renunciar a si mesmo. Por Vânia Abdala

  • BannerMissasMatriz.jpg
  • capela.jpg
  • FaixaAdoração.jpg
  • site-pascom2019.jpg