LogoPSJ

Jovens falam sobre experiência na JMJ

DSC 3044Jovens que participara da JMJ na Crácovia fazem relato de sua viagem à comunidade

A Jornada Mundial da Juventude (JMJ) 2016 em Cracóvia foi composta de peregrinações, shows, vigílias, missas, encerrando-se em 31 de julho.

Durante este tempo, a JMJ proporcionou momentos muito importantes para nós, jovens da paróquia São José de Muzambinho e aos quase 2 milhões de jovens que participaram.

Com o tema “Bem-aventurados os misericordiosos, pois alcançarão misericórdia” e também a data especial do Ano da Misericórdia, o Papa Francisco abordou várias vezes a questão da violência no Oriente Médio, o terrorismo e incentivou os jovens a não desistirem da missão a qual Deus os confiou.

A Pré-Jornada aconteceu em Varsóvia, fomos recepcionados na Paróquia Santo Antônio Maria Zacarias, onde fomos acolhidos por famílias, que além de abrirem as portas de suas casas, abriram também seu coração, suas vidas, histórias, realidades e sonhos conosco, nos mostrando a verdadeira face do cristão que acredita na comunhão entre os povos para construir um mundo novo. A eles a nossa eterna gratidão.

Nossos dias foram repletos de oração, desde o amanhecer ao anoitecer, a vida doada pelo irmão foi um testemunho vivo do qual nos foi passado. Outros países também estavam presentes e puderam vivenciar conosco destes momentos, como: Itália, Suiça, Taiwan, Japão, Índia, Myanmar, Birmânia, Colômbia, México, Brasil, os próprios poloneses, entre outros países. Foram dias em que participamos da Santa Missa diariamente, organizamos roupas, sapatos, brinquedos que foram enviados em doação para famílias carentes de outras paróquias em cidades vizinhas.

Plantamos árvores, deixando um legado de cuidado com a natureza para o futuro de todos. Praticamos esportes, compartilhando da vivencia fraterna. A vigília em adoração ao Santíssimo Sacramento foi um momento que também remeteu a união entre os povos, estávamos todos juntos pelo único propósito, amar e experimentar a misericórdia de Nosso Senhor Jesus Cristo.

Neste tempo em Cracóvia também ficamos em casas de famílias que por sua vez, não mais diferentes nos trataram como irmãos, nos acolheram de forma esplêndida.

A Santa Missa de abertura, a catequese, a Via Sacra, os momentos com o Papa Francisco nos mostraram que nós jovens cristãos não devemos desistir de nossos sonhos, do amor, da esperança, pois a misericórdia nos renova e nos conduz. E mais ainda, o Santo Padre nos exorta pedindo para que saibamos viver na diversidade, no diálogo, na partilha; a ter coragem de construir pontes e de abater os muros!

Tivemos a oportunidade de visitar o Santuário de São João Paulo, sua cidade natal, casa onde morou, igreja onde recebeu o sacramento do batismo, eucaristia e crisma, lugar de grande espiritualidade e paz.

Também como o Papa Francisco, fomos no campo de concentração em Auschwitz, local onde especialmente judeus eram levados pelo nazistas durante a Segunda Guerra Mundial, lugar em que a cada passo nos remetia a tristes fatos e nos levava a constante oração por aqueles que sofreram e ainda sofrem com os atos cometidos.

Além destes locais fomos no Santuário de Santa Faustina, que visualizou a imagem de Jesus Misericordioso, lembrando que ela foi patrona da JMJ 2016, nos inspirando e ensinando a usarmos de misericórdia em tudo que fazemos.

Vivenciamos momentos incríveis de fé, esperança, amizade e companheirismo. Temos a esperança de sermos construtores da paz, para um mundo novo de amor.
O nosso amado Papa ainda nos fala para não termos medo.

"Vocês têm uma jóia, que é sua fé cristã"
Dziękuję (Obrigada) a toda comunidade paroquiana São José de Muzambinho. 

texto: Mayra Valéria Vasconcelos.