Jubileu de Ouro da Renovação Carismática Católica no Brasil foi comemorado na Paróquia São José de Muzambinho

Na noite de quinta-feira (29) aconteceu um Encontro Especial do Grupo de Oração Nossa Senhora de Pentecostes, em ação de graças pelos 50 anos da Renovação Carismática Católica no Brasil e pelas Famílias.

A pregação foi conduzida por nosso irmão Luiz Carlos Lopes, que iniciou a noite contando um pouco da história desse movimento importante para toda a Igreja Católica Romana, onde todos revivem a ação e obra do Espírito Santo.

Tudo começou quando um grupo de jovens estudantes da Universidade de Duquesne, nos Estados Unidos, aplicaram-se a reler e a meditar os Atos dos Apóstolos, e a rezar pedindo a Efusão do Espírito Santo, e lá tiveram uma experiência tão forte da Graça Divina, que tal acontecimento tornou-se conhecido como o marco inicial da Renovação Carismática na Igreja Católica.

No Brasil, a origem remonta a 1969, quando o padre jesuíta Haroldo Joseph Rahm – que também fundou o Treinamento de Liderança Cristã (TLC) – começou a organizar os primeiros retiros em Campinas. Foi através dele que o hoje o monsenhor Jonas Abib, fundador da Comunidade Canção Nova, teve contato com a RCC, em 1971.

Em 1973 aconteceu o primeiro congresso nacional do movimento, que já estava presente em Telêmaco Borba (PR) desde 1970, e em Belo Horizonte, desde 1972. Hoje, o Brasil é o país onde a RCC se faz presente de modo mais intenso. São dois milhões de pessoas participando de 20 mil grupos de oração.

Em Muzambinho, a Renovação Carismática Católica começou entre o final da década de 70 e início de 80, onde jovens entusiasmados sentiram o chamado de Deus a iniciarem na Paróquia São José, mais precisamente na Igreja de Nossa Senhora Aparecida, o movimento que já se conhecia por todo o Brasil e ao redor do Mundo.

Por Diego Augusto da Silva

  • BannerMissasMatriz.jpg
  • capela.jpg
  • FaixaAdoração.jpg
  • site-pascom2019.jpg