LogoPSJ

CRISMA 2020: “Certeza! Dúvida? Esperança... Realidade.”

No início, em agosto de 2019, tinha-se uma certeza absoluta: o sacramento da crisma ocorreria no mês de novembro do ano seguinte. Quanto entusiasmo.

No meio do caminho um obstáculo, inesperado e inoportuno, fez silenciar os monitores e crismandos. Pairava a grande dúvida. Será?
Todavia, a determinação dos envolvidos mudou o curso dos fatos e em dezembro de 2020, o sonho começa a se tornar realidade.
Segue uma pequena crônica que ilustra claramente o trajeto percorrido pela catequese crismal da paróquia São José de Muzambinho neste ano.
Nos idos de agosto de 2019, após seis meses de formação para os monitores e concluídas as inscrições de novas turmas, tudo estava pronto.
Entusiasmados, catequistas e crismandos, iniciaram os encontros presenciais com a certeza de sua conclusão em novembro de 2020.
Na grade do curso, um novo método adotado pela paróquia: “INICIAÇÃO CRISTÃ DE INSPIRAÇÃO CATECUMENAL.” Cujo manual trás o título de CONFIRMADOS NA FÉ. “

Nas sábias palavras de Dom Irineu Roque Scherer: “Este livro tem a preocupação e o cuidado com a “linguagem” para a cultura atual, especialmente para os adolescentes e jovens em preparação ao sacramento da crisma ou confirmação (DA 100d), para que absolvam e vivenciem uma verdadeira experiência de encontro com Cristo e com os ensinamentos da Igreja, realizem bem as celebrações dos sacramentos, capacitando-se a ajudar na transformação do mundo. Essa catequese é chamada de “mistagógica” (DA 290). Além da formação doutrinal, a catequese deve ser uma escola de formação integral, educando as pessoas por inteiro, cultivando o relacionamento com Jesus na oração, na celebração litúrgica, na vivência comunitária e no serviço aos irmãos. Além disso, a catequese não pode restringir-se somente à preparação dos sacramentos, mas deve constituir-se num processo permanente, orgânico e progressivo que se estenda por toda a vida (DA 290).”
Em meados de março do corrente ano a pandemia causou surpresa a todos impondo limites, restrições e dificuldades. A dúvida pairou sobre cada um. Uma avalanche de questionamentos exigia posicionamento e respostas. Haveria crisma? O curso até então estaria perdido? Qual o posicionamento do clero?

Para problemas difíceis, não existem soluções fáceis. Após duas semanas de paralização decidiu-se agir, foi necessário reinventar os métodos de catequisar.

Inovou-se através das redes sociais, amplamente usadas pelos jovens, mas pouco explorada pelos catequistas.

Foram convocados todos os monitores, urbanos e rurais, que possuíam recursos tecnológicos suficientes a dar continuidade no curso através dos meios disponíveis, dentro da realidade de cada comunidade.

Houve uma boa aceitação por parte dos crismandos que viram nesta medida, uma esperança para receber o sacramento no final do ano.
Assim prosseguiu-se com os encontros da crisma. No princípio existiram tropeços, mas logo os acertos vieram. Inovando a cada encontro, obteve-se assiduidade e perseverança.

Em meio ao distanciamento social, emergiram novos conceitos e valores, revelando a faceta oculta de jovens que nos encontros presenciais estavam quase invisíveis e nos encontros online deixaram fluir seus dons saindo do anonimato para uma posição de destaque, extravasando valores e aptidões que os inserem perfeitamente no engajamento da Igreja, no discipulado, no serviço ao próximo e a comunidade, Com certeza, alguns agentes de pastorais do futuro.

Neste período incerto e difícil, o que não faltou foi o apoio dos Padres de nossa paróquia, principalmente o Padre Alexandre, que com seu zelo em atender às normas de segurança sem descuidar do pastoreio de seu rebanho, se desdobrou junto ao Sr. Bispo, a fim de encontrar meios para que a Crisma, durante a pandemia, se tornasse realidade.

A covid 19, não obstante a sua ameaça, nos revela que é possível e deve-se sim acreditar na juventude. A prova está ai! Jovens perseverantes e convictos. PREPARADOS PARA RECEBER O SACARAMENTO DA CONFIRMAÇÃO.

Ao término de 2020, precisamente nos dias 18 e 22 de dezembro, com a as graças de Deus e o empenho de todos os envolvidos no processo Crismal iniciou-se as celebrações confirmando o batismo dos jovens que concluíram a fase de preparação. Ao todo, foram crismados 37 jovens da Matriz. Com previsão da crisma das demais comunidades para janeiro e fevereiro de 2021 em face das festividades do natal e ano novo.
Não se pode olvidar que alguns jovens se destacaram durante o processo de preparação para a crisma. Estes obtiveram 100% de aproveitamento durante o curso, não faltaram um dia se quer, sendo eles: Amanda Aparecida Santos, Cristiéle Monique Santana, Laura Beatriz de Moraes, Mariana Silva Vieira, Maria Eduarda Magalhães, Paola Eduarda Goulart Ródio, Suellen Aparecida de Lima e Verônica Aparecida de Lima.

É hora de celebrar!

Celebrar o bom Deus, que conduz com mão forte, que ensina e educa em meio aos acontecimentos, quer sejam bons ou ruins.
Celebrar o empenho da paróquia e de todos os envolvidos: Padres, funcionários e monitores, que buscaram uma solução que fosse ao encontro dos anseios da comunidade.

Celebrar a perseverança, dedicação e compreensão dos jovens e seus familiares em atender e compreender as medidas requeridas pelo momento atual.

Enfim celebrar a vida.

Conclui-se com êxito, dentro do contexto de uma pandemia, o previsto para a Crisma em 2020.

Obrigado Senhor!

Muzambinho, 31 de dezembro de 2020

Por João Batista - Coordenador da Crisma