LogoPSJ

Jovens da Paróquia São José recebem o Sacramento da Crisma

Os jovens da Paróquia São José de Muzambinho vem desde o final de 2020 recebendo o Sacramento da Crisma. Primeiramente, a Comunidade Matriz que celebrou com 37 Crismandos em duas etapas. Iniciando 2021 realizou no dia 19 de janeiro com os jovens da Comunidade Nossa Senhora Aparecida (25). Em seguida, no 02 de fevereiro foram realizadas as crismas das Comunidade São Benedito/Santo Antônio (16)  e Sagrados Corações (5). Dia 12 de fevereiro será a vez das comunidades rurais,  Pena do Tie (4), Cachoeira do Cambui (8), Moçambo (7), Morro Preto (7) e Fazenda São José(4). Restam ainda algumas comunidades que estão finalizando os encontros e em breve serão agendadas as celebrações. 

O Sacramento da Confirmação ou da Crisma  é a renovação do compromisso assumido no Sacramento do Batismo por pais e padrinhos quando eram crianças. As Missas estão sendo realizadas na Igreja Matriz e estão sendo ministradas pelo Pároco Padre Alexandre José Gonçalves, o qual recebeu do Bispo Diocesano de Guaxupé, Dom José Lanza Neto, a faculdade de ministrar o Sacramento aos jovens neste tempo extraordinário de Pandemia.

Segundo o catequista da comunidade Nossa Senhora Aparecida, João Pedro Magalhães, embora com restrições vivenciadas e o distanciamento social este grupo de jovens receberam a formação necessária.

“A pandemia nos obrigou a reinventar novos métodos de catequização pelas redes sociais, amplamente utilizadas pelos jovens, mas pouco explorada por nós, catequistas”, comentou.

Ele salientou ainda que diante desta nova forma de evangelização revelou-se a face oculta de jovens e catequistas que saíram do anonimato, e apresentaram valores e aptidões que os inserem no engajamento na igreja, discipulado, serviço ao próximo e comunidade. Ainda, segundo o coordenador, serão os futuros agentes de pastorais.

O Coordenador da Crisma, João Batista lembrou do empenho do Pároco Padre Alexandre para que a Crisma fosse possível de ser realizada e, completou dizendo que a pandemia mostrou que podemos e devemos acreditar numa juventude perseverante.

João Batista exlicou que em meio ao distanciamento social, emergiram novos conceitos e valores, revelando a faceta oculta de jovens que, nos encontros presenciais estavam quase que invisíveis e, nos encontros on line deixaram fluir seus dons, saindo do anonimato para uma posição de destaque, extravasando valores e aptidões que os insere perfeitamento no engajamento da igreja, no discipulado, no serviço ao próximo e a comunidade.

"Com certeza serão alguns agentes de pastorais no futuro", completa.

Ele lembra ainda que houve boa aceitação por parte dos crismandos, que viram nesta medida de encontros on line, uma esperança para receber o Sacramento da Crisma. Batista cita que no começo tiveram alguns tropeços mas logo os acertos vieram, sempre com inovações a cada encontro trouxe assiduidade e perseverança  na continuidade tanto para os catequistas quanto para os jovens que estavam se preparando.

Padre Alexandre, falou da importância dos jovens crismandos receberem o apoio, dos pais, padrinhos, padres, agentes de pastorais para que continuem firmes na caminhada, participando sempre da Eucaristia, da vida da Igreja e do conhecimento da Palavra.

“Que vocês tenham amizade com a Virgem Maria e São José e, sigam seu exemplo abraçando Jesus Cristo. Deus conhece cada um de vocês vivam a vida, ela é preciosa e bela, não aceite ninguém dizer o contrário e, sejam igreja onde estiverem”, finaliza Padre Alexandre.

Por Vânia Abdala

Comunidade Nossa Senhora Aparecida

Comunidades São Benedito/Santo Antônio e Sagrados Corações

Comunidades rurais Pena do Tiê, Cachoeira do Cambuí, Moçambo, Morro Preto e Fazenda São José